A inserção do negro na sociedade norteou a II Gincana de Diversidade e Igualdade Racial, realizada pela Águas de Timon e Águas de Teresina. Os colaboradores das empresas participaram de atividades voltadas para a equidade no âmbito corporativo, que tiveram o intuito de integrar, reconhecer e valorizar as diferenças.

A iniciativa integra o Respeito Dá o Tom, programa de igualdade racial do grupo Aegea, que objetiva tornar o ambiente de trabalho, as atividades cotidianas e os projetos das empresas livres de racismo, preconceitos, discriminações e atitudes que comprometam a postura de respeito, tolerância e cordialidade.

“É muito gratificante perceber que os nossos colaboradores estão cada dia mais contagiados pelo Respeito Dá o Tom. Nós somos prestadores de serviço voltados para distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto em Teresina e Timon. Com isso, entendemos que temos a obrigação de colaborar para uma sociedade mais justa e igualitária”, avalia o diretor executivo das concessionárias, Diego Dal Magro.

A gincana envolveu provas como apresentações culturais, pinturas, poemas e grito de guerra, tendo o viés inconsciente, racismo cultural e o colorismo em pauta. Além disso, os participantes também conheceram as Comunidades Quilombolas Monteiro, em Timon, e Mimbó, em Amarante, com o objetivo de elaborar projeto relacionado ao saneamento básico nas localidades.

Para a coordenadora do comitê local do Respeito Dá o Tom, Narailka Vaz da Costa, o evento permitiu reflexões pertinentes. “A Gincana possibilitou manter a cultura negra viva e, ao mesmo tempo, nos estimulou a reconhecer nossas próprias raízes. Isso é um trabalho de formiguinha, mas que ajuda nossos colaboradores a se identificarem e se reconhecerem como verdadeiramente são, independentemente de sua tonalidade”, avalia.

Este é o segundo ano em que as empresas realizam a Gincana de Diversidade e Igualdade Racial, que está marcada no calendário anual de ações das concessionárias em alusão ao Dia da Consciência Negra.