Os colaboradores da Águas de Timon se reuniram para combater o mosquito da dengue nas áreas da empresa, como reservatórios, base operacional e Estação de Tratamento de Água. O Dia D ocorreu nesta sexta-feira (14), e serviu para conscientizar os funcionários sobre a importância de eliminar possíveis criadouros do Aedes aegypti.

O agente de saneamento, Davi Cardoso, avaliou a sua participação. “Eu estava com o espírito muito competitivo e queria apenas ganhar. Até que eu encontrei uma garrafa cheia d’água e com as larvas do mosquito. Então eu derramei a água, eliminei aquele foco e, para mim, tudo tinha sido compensado. Nada mais vale a pena do que fazer o bem para você e sua comunidade”, contou.

O índice de dengue de Timon vem diminuindo ao longo do tempo. Em 2015, ano em que a empresa iniciou os serviços de abastecimento e tratamento de água no município, o Levantamento Rápido de índices de Infestação pelo Aedes Aegypti (LIRAa) era de 3,2%. Para ser considerado de situação satisfatória, o índice precisa atestar menos de 1%. Mas o último levantamento realizado em Timon comprovou o LIRAa de 0,8%. Esse dado é um instrumento fundamental para controle do vetor e das doenças.

“Com a distribuição regular de água tratada em Timon, os moradores não têm mais necessidade de acumular água, medida que auxilia no combate aos focos do mosquito. A grande mudança também tem que partir de cada um de nós, para que adotemos hábitos saudáveis que combatam à dengue. Por isso, realizamos o Dia D e ficamos muito felizes como a participação e colaboração das equipes. A ideia foi conscientizá-los para que eles levem a informação também para suas casas”, observou o coordenador de operações da Águas de Timon, Tadeu Bezerra.

O Dia D é uma realização da Águas de Timon, em parceria com os agentes de endemia, da Secretaria Municipal de Saúde. Confira as dicas para combater o Aedes aegypti: não deixar água parada; colocar areia nos vasos de plantas; não depositar lixo em terrenos baldios; manter garrafas com a boca virada para baixo; cobrir pneus e sucatas e manter caixa d’água e reservatórios de água devidamente fechados.