A água que chega até as casas dos timonenses atende aos padrões de qualidade e potabilidade exigidos pelo Ministério da Saúde. Mensalmente, a Águas de Timon realiza cerca de 4.000 análises na água e o relatório anual com o resultado desses testes será entregue aos usuários durante o mês de março, junto com a fatura de água.

O abastecimento da cidade ocorre por meio de poços e também pela captação do Rio Parnaíba. Toda água distribuída é monitorada pelo laboratório próprio da Concessionária, cujas amostras são submetidas diariamente a exames bacteriológicos e físico-químicos. Nos testes, são analisados turbidez, cloro residual livre (CRL), cor, coliformes totais (CT), Ph e Escherichia Coli (E. Coli), em padrões definidos pela PRC nº 5 de 28 de setembro de 2017, Anexo XX, do Ministério da Saúde.

“Com o intuito de mantermos a transparência de nossos serviços, também disponibilizamos o acompanhamento das informações de qualidade na fatura de água, todos os meses. Em março, entregaremos um informativo com o resultado das análises da água distribuída em 2018, que atesta que a água é potável e seguro para o consumo humano”, declara o coordenador de operações da concessionária, Tadeu Bezerra.

A divulgação do material atende ao Decreto Federal 5.440, de 04/05/2005, que institui os instrumentos para que essas informações cheguem ao consumidor. Além do material informativo que será entregue aos usuários, a Águas de Timon divulga de forma mensal, nas faturas, o resultado periódico das análises. O Relatório Anual de Qualidade da Água 2018 também pode ser acessado no site da empresa (www.aguasdetimon.com.br).